Sinpol aprova reajuste de 37% parcelado em seis vezes para a PCDF

    20 FEV 2019
    20 de Fevereiro de 2019

    Agentes da Polícia Civil do Distrito Federal aceitaram nesta quarta-feira (20/2) a proposta de reajuste salarial de 37% parcelado em seis vezes. A decisão ocorreu por ampla maioria em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) realizada nesta tarde, segundo o Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol-DF). O aumento foi anunciado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), nessa terça (19).

    O Sindepo-DF e Sindiperícia-DF, que reúnem delegados e peritos criminais da corporação, respectivamente, também aprovaram a medida.

    Embora parte da categoria não esteja contente com a elasticidade do prazo, cuja última parcela, de 14%, ficou para 2021, os profissionais entenderam que não é mais possível estender a negociação. Durante o evento, os policiais votaram a favor da declaração de apoio público à gestão do governador.

    Para o presidente do Sinpol-DF, Rodrigo Franco, o Gaúcho, ainda que a proposta tenha sido “aquém das expectativas”, ela representa um importante passo para o “resgate da valorização dos policiais civis, que ficaram completamente esquecidos durante todo o governo anterior”.

    “Nós estamos há quase dez anos sem reestruturação salarial e, por isso, é normal que todos esperassem algo mais imediato”, ressaltou.

    De acordo com Gaúcho, o governo indicou que as contas públicas não deixam espaço para negociação neste momento. Entretanto, disse que a categoria vai articular para que as próximas parcelas possam ser antecipadas. “Diferentemente do governo [de Rodrigo] Rollemberg, agora nós temos encontrado as portas abertas para o diálogo e partiremos para o busca de que outros pleitos sejam alcançados”.

    De acordo com o apresentado por Ibaneis, o reajuste será dado em duas parcelas anuais, inicialmente nos meses de abril e setembro. A ideia é conceder 10% da equiparação em 2019; 13% em 2020; e o restante em 2021. De acordo com cálculos do secretário de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão, André Clemente, o impacto na folha de 2019 será de R$ 96 milhões.

    Fonte: METRÓPOLES 
    Voltar

    Associação Comunitária Radiodifusora Voz do Povo FM

    Quadra 01 Conjunto 01 Lote 05 -  Cidade Estrutural - Brasília  - DF

    Fale conosco: (61) 3465-6416